Café e Direito





Café e Direito!
Meu blog está meio abandonado…muito Direito está me tirando o tempo do café!
Sinto falta de escrever, mas não acho inspiração.
Hoje estou um pouco inspirada para escrever nada.
É nada.
Talvez o nada represente uma calmaria ou quem sabe o cansaço.
Se for o cansaço o nada deixa de ser a ausência pra se tornar o acumulo das coisas.
Se for calmaria, também é muita coisa, pois pode ser plenitude.
Não tenho tido grandes devaneios ultimamente apenas uma saudade.
Tem dias que dá uma saudade de outros dias.
Estou numa fase espectadora da minha própria vida, e isso é muito interessante.
Me percebo como sujeito ativo nas minhas relações pessoais e profissionais           !me observo!
Consigo me perceber interagindo com o mundo e ao mesmo tempo em que interajo aprecio minha atuação.
Posso garantir que é fantástico.
Tenho a nítida impressão de conseguir ler a alma humana, de saber quais as emoções que regem as pessoas a minha volta, quais suas aspirações, seus medos………………….. suas opções.
E mais do que tudo as minhas sensações em relação a elas.
Me sinto querida, talvez por ter um contingente enorme de amigos, isso sempre me faz muito bem.
Agora estou esperando o que logo chegará, mas que eu nunca soube de onde viria, quando viria, agora sei que vem logo apesar de não saber quando……………………………… mas não tenho pressa.
Agora me assisto! Na novela da minha vida.
Me traz um café, por favor!



Este post tem 2 comentários

  1. Amiga, mto lindo. Amei.

    Beijão Greice, saudade

  2. Quisera ter mais tempo para ler coisas assim… originais… colhidas nas férteis terras do universo humano!

Deixe uma resposta

Fechar Menu